sexta-feira, 18 de Outubro de 2013

Questionário I - Ciências Sociais - Unip

Pergunta 1

A Sociologia é uma ciência que surge e se desenvolve juntamente com o desenvolvimento do capitalismo e procura compreender os problemas sociais gerados por este sistema. Considere as afirmativas a seguir:

I - A Sociologia surgiu com a Revolução Industrial e buscou compreender as transformações sociais provocadas pela formação da classe operária e pelo crescente processo de industrialização.
II - A Sociologia surge de um movimento de ruptura com os métodos utilizados pelas ciências naturais e procurou compreender as permanências dos valores feudais na sociedade contemporânea.
III - A Sociologia surgiu em um contexto social marcado pelo cientificismo e pela crença do poder exclusivo da razão para compreender a realidade.

A Sociologia surgiu como reconhecimento da teologia como força explicativa dos problemas sociais como a miserabilidade nas áreas urbanas.

Estão corretas as afirmativas:

Resposta

Resposta Selecionada: A. I e III

Pergunta 2

O Renascimento foi um movimento artístico e filosófico vivido pela Europa no século XVI. Foi o ambiente no qual Maquiavel escreveu “O Príncipe”, considerada obra fundamental para a análise das relações políticas no mundo moderno.

“Não há outro meio de guardar-se da adulação, a não ser fazendo com que os homens entendam que não te ofendem dizendo a verdade; mas quando todos podem dizer te a verdade, passam a faltar-te com a reverência.” (“O Príncipe”, Maquiavel)

A autoridade política do governante é vista por Maquiavel como:

Resposta

Resposta Selecionada: C. Tanto o governante como o governado, para bem compreenderem o exercício do poder, devem se restringir a seus respectivos papéis.

Pergunta 3

“A sociologia constitui em certa medida uma resposta intelectual às novas situações colocadas pela revolução industrial. Boa parte de seus temas de análise e de reflexão foi retirada das novas situações, como, por exemplo, a situação da classe trabalhadora, o surgimento da cidade industrial, as transformações tecnológicas, a organização do trabalho na fábrica etc.” (MARTINS. “O que é Sociologia”. São Paulo: Brasiliense, 1992) .

A partir do fragmento anterior, qual a função da Sociologia?

Resposta

Resposta Selecionada: D. Investigar os problemas sociais a partir de pesquisas científicas.



Pergunta 4

“(...) A emancipação dos trabalhadores será obra dos próprios trabalhadores.” (MARX, K. e ENGELS, F. “Manifesto Comunista”. 1848)

A partir da ideia de classe social definida por Karl Marx, pode-se afirmar que:

Resposta


Resposta Selecionada:   C. Na sociedade capitalista, as classes fundamentais se diferenciam mais claramente e a consciência de classe se desenvolve de maneira mais completa, por isso somente os trabalhadores poderão ser agentes de sua emancipação.


Pergunta 5

“Um levantamento inédito do governo federal mostra que quase 98% dos casos de assassinatos no campo do Pará ocorridos nos últimos dez anos ficaram impunes.
Foram analisadas 180 situações que resultaram em 219 mortes no Estado, entre 2001 e 2010. Apenas quatro (2,2%) delas geraram boletins de ocorrência, inquéritos policiais, denúncias de promotorias, processos judiciais e, por fim, alguma condenação.
Outros três casos chegaram a ser julgados, mas os réus foram absolvidos.
O trabalho, desenvolvido pela Ouvidoria Agrária Nacional e Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República, mostra também que a maioria dos assassinatos no campo paraense (61%) não chega à Justiça. Dois em cada dez casos nem foram investigados.
O levantamento indica que a maioria das mortes (162) tem relação com disputas por terras e recursos naturais, como madeira.
Além do Pará, as ouvidorias analisaram também as mortes ocorridas no campo de Mato Grosso e Rondônia.
Na zona rural de Rondônia foram 47 situações, em que 71 pessoas foram mortas. Quase a metade (45%) gerou processos e em apenas 13% delas houve condenação.
No Mato Grosso, foram 50 mortes em 31 casos - 58% chegaram à Justiça, mas 90% continuam impunes.
Os dados serão entregues a governadores, Tribunais de Justiça e Ministério Público de Estados da Amazônia Legal, na tentativa de pressioná-los a acelerar apurações ou julgamentos dos crimes.” (...)
(Disponível em http://www1.folha.uol.com.br/poder/926282-no-para-98-das-mortes-no-campo-ficam-impunes.shtml. Acesso em 13/07/2011.)

A questão social tratada no texto, quando analisada sob a perspectiva de Emile Durkheim (1858-1917), expressa o conceito de:

Resposta


Resposta Selecionada: A. Anomia.


Pergunta 6

“A maneira como os indivíduos manifestam sua vida reflete exatamente o que são. O que eles são coincide, pois, com sua produção, isto é, tanto com o que eles produzem quanto com a maneira como produzem. O que os indivíduos são depende, portanto, das condições materiais da sua produção.”
(MARX, Karl e ENGELS, Friedrich. “A ideologia alemã”. São Paulo: Martins Fontes, 1989, p. 13.)
Com base nessa citação do livro “A ideologia alemã”, que trata da teoria marxista para a interpretação da sociedade, é correto afirmar que:

Resposta

Resposta Selecionada: D. A perspectiva de análise marxista examina a sociedade levando em consideração as relações sociais estabelecidas no modo de produção.

Pergunta 7

As consequências da rápida industrialização e urbanização levadas a cabo pelo sistema capitalista na Inglaterra foram tão visíveis quanto trágicas: aumento assustador da prostituição, do suicídio, do alcoolismo, do infanticídio, da criminalidade, da violência, de surtos de epidemia de tifo e cólera que dizimaram parte da população.

A partir do texto anterior, podemos afirmar que esse fenômeno favoreceu o surgimento:

Resposta

Resposta Selecionada: B. Do operariado urbano.


Pergunta 8

O conceito de “consciência coletiva” elaborado por Émile Durkheim está baseado no pressuposto de que existe entre os fatos sociais uma natureza coletiva de tal modo que as consciências individuais aparecem subordinadas ao pensamento orientado por regras compartilhadas por um determinado grupo social. Isso significa que:

Resposta

Resposta Selecionada: B. A consciência coletiva estaria espalhada por toda sociedade, impondo-se sobre as vontades individuais através das sanções legais e espontâneas.



Pergunta 9

Observe alguns artigos da Declaração dos Direitos do Homem e do cidadão (França, 26/08/1789):
“Art.1 – Os homens nascem e permanecem livres e iguais em direitos. As distinções sociais não podem ser fundadas senão na utilidade comum.”
“Art. 2 – O fim de toda associação política é a conservação dos direitos naturais e imprescritíveis do homem. Estes direitos são a liberdade, a propriedade, a segurança e a resistência à opressão.”
“Art. 3 – O princípio de toda soberania reside essencialmente na nação. Nenhum corpo, nenhum indivíduo pode exercer autoridade que dela não emane expressamente.”
As ideias anteriores mostram que as revoluções burguesas representaram uma ruptura em relação:

Resposta


Resposta Selecionada: C. Às ordens política, econômica e social, ou seja, ao teocentrismo, ao trabalho artesanal e independente, bem como aos costumes feudais.


Pergunta 10

“Segundo os iluministas, cada pessoa deveria pensar por si própria, e não deixar-se levar por outras ideologias que, apesar de não concordarem, eram forçadas a seguir. Pregavam uma sociedade ‘livre’, com possibilidades de transição de classes e mais oportunidades iguais para todos. Economicamente, achavam que era da terra e da natureza que deveriam ser extraídas as riquezas dos países. Segundo Adam Smith, cada indivíduo deveria procurar lucro próprio sem escrúpulos, o que, em sua visão, geraria um bem-estar-geral na civilização.” (CASTRO, 2009)

Segundo essa leitura, é correto dizer que o Iluminismo:

I - Contribuiu para que a prática do lucro fosse proibida.
II - Contribuiu para o desenvolvimento de valores ligados à sociedade capitalista.
III - Contribuiu para que a atividade econômica fosse praticada com ampla liberdade.
IV - Contribuiu para a consolidação do direito à propriedade privada.
Está(ão) correta(s):

Resposta

Resposta Selecionada: A. As alternativas II, III e IV.

6 comentários: